21 de novembro de 2017

Olá viajantes queridos! Já contei um pouquinho para vocês nesse post que o primeiro cruzeiro que fiz pelo caribe foi a bordo do Freedom of the Seas. Agora vou contar os detalhes sobre a primeira parada do navio nessa viagem linda! O primeiro porto que tivemos a oportunidade de conhecer foi Labadee, a ilha privativa da Royal Caribbean que fica localizada na costa norte do Haiti.

É uma praia maravilhosa, mar azulzinho típico do Caribe, cheio de recifes de corais e enorme quantidade de vegetação nativa: um verdadeiro paraíso!!

Apesar de suas belezas naturais serem tão encantadoras, o Haiti é um país que, infelizmente, está sempre em posições altas dos rankings de países mais pobres do mundo. Achei muito interessante pesquisar e ver que a Royal Caribbean paga uma taxa para o governo do Haiti pelo número de turistas que visitam sua ilha privativa. Além disso, a Royal também emprega mais de trezentos moradores da ilha, ajudando a movimentar bastante a economia do país.

O interessante dessa parada é que por se tratar de uma propriedade da Royal, o almoço é servido na própria ilha e já está incluso no valor do navio. É um churrasco estilo americano com hambúrguer, costelinha e algumas opções vegetarianas 🙂 ! É uma facilidade que a gente só encontra nessa ilha! Se você tiver o pacote de bebidas, você também poderá desfrutar dos drinks em terra firme nessa parada!

Há inúmeras atrações para se fazer nessa parada. Há passeio de tirolesa (com mais de 120m de altura), montanha russa que passa entre a vegetação, tobogã,  trampolins aquáticos, entre outros. O ruim é que todas essas atrações são pagas à parte, com um valor nada convidativo, o que me desanimou muito de fazer. Dessa forma, então, aproveitei essa parada para curtir as praias da ilha.

Passei o dia na Adrenaline Beach, a praia logo na entrada da ilha com vários bangalôs e camas com colchão para aproveitar o dia. É uma ótima praia para relaxar e também para mergulhar com snorkel. Recomendo muito levar de casa o seu próprio equipamento para não ter que alugar do navio com os preços que eles costumam cobrar!

Há a opção também de pegar o trenzinho para dar uma volta na ilha (esse é gratuito), ver a feirinha de artesanato e ir curtir a Nellie’s Beach. Uma praia mais tranquila, centralizada e com menos pedras e corais que a Adrenaline Beach sendo, então, ótima para nadar.

Gostei muito dessa ilha. É uma ótima porta de entrada para os outros paraísos no Caribe que iria conhecer nas próximas paradas!

No próximo post vou contar da segunda parada do Navio: a ilha de Grand Cayman, que para mim é o lugar mais lindo que eu já visitei no Caribe até hoje! Não percam!

Compartilhe com os amigos:
Comentários Fechados

  • Ilhas Cayman – George Town
  • Falmouth – Jamaica
  • O mundo de Harry Potter